Deputado Anderson do Singeperon - Sua voz no Parlamento

Educador, profissão transformadora - Por: Deputado Anderson do Singeperon

"Você, professor e professora, nunca desista dos seus sonhos. A luta não pode parar"

Por Assessoria de Comunicação Social dia em Notícias

Educador, profissão transformadora - Por: Deputado Anderson do Singeperon
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

15 de outubro é a data em que lembramos e homenageamos todos aqueles que fazem da Educação uma missão de vida.

Não é pelo glamour que uma pessoa escolhe a carreira de professor, mas sim pelo seu poder de transformação que causa na vida de qualquer ser humano ou na proposta de estar na frente de luta pela consciência da realidade social.

A pouca valorização salarial ou, em muitas vezes, a precária estrutura de ensino, não são motivos suficientes para fazer esse profissional perder a alegria de compartilhar o conhecimento ou de completar os laços da família do aluno.

O professor luta pela transformação, conhece as limitações dos outros, se entrega numa causa que não é sua, mas de outra pessoa, para que essa outra pessoa cresça e no futuro – quem sabe – reconheça, no bom profissional que se tornará, a marca daquele que o formou.

Como homens que fazemos da política um meio de transformação social, também temos o dever e compromisso de proteger os direitos dos professores e com isso fortalecer a nossa educação que só será de qualidade com a valorização dos nossos mestres.

A educação que é, a meu ver, a salvação de muitos males da nossa sociedade, a exemplo da violência desenfreada e de um sistema prisional sucateado e inchado.

Você, professor e professora, nunca desista dos seus sonhos. A luta não pode parar.

Anderson do Singeperon
Deputado Estadual e Presidente da Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa de Rondônia

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: