Deputado Anderson do Singeperon - Sua voz no Parlamento

Deputado Anderson recebe coordenadores da Fundação Lemann

Conectando Saberes em conjunto com o parlamentar construíram projeto que hoje é lei e garante o ensino da língua espanhola nas escolas

Por Assessoria de Comunicação Social dia em Notícias

Deputado Anderson recebe coordenadores da Fundação Lemann
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

O deputado Anderson do Singeperon (Pros), presidente da Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa, recebeu em seu gabinete na tarde de quarta-feira (31) representantes da Fundação Lemann, da Secretaria de Estado da Educação e representantes de escolas públicas da capital.

Dois dos coordenadores da Fundação Lemann, Carlos Henrique Uehara e Letícia Sakata visitaram o parlamentar para apresentar o trabalho do projeto Conectando Saberes que busca reforçar o comprometimento com a rede de professores, que hoje já conta com 350 educadores organizados em 36 núcleos em todos os Estados e no Distrito Federal.

Carlos Henrique destaca que o ‘Conectando Saberes’ permite a “troca de boas práticas e valoriza o compromisso desses educadores com a aprendizagem universal, além de servir como base de apoio e motivação entre eles”, conta o coordenador.

Segundo Carlos todo o processo desenvolvido tem um sonho e um propósito maior, “fazer com que uma educação pública transformadora, de excelência para todos e para todas, seja realidade”, completa.

A Fundação já possui em Porto Velho um trabalho em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) com o projeto Formar, que auxilia os gestores da pasta no desenvolvimento de novas políticas públicas.

O núcleo de Porto Velho conta com a professora Alemmar Ferreira, que atualmente preside a Associação de Professoras de Espanhol do Estado de Rondônia (Apero).

Em outubro de 2018, participou de um trabalho de articulação que garantiu a aprovação de lei estadual, que teve como o autor o deputado Anderson do Singeperon, para que a língua espanhola se tornasse obrigatória no currículo do Ensino Médio.

O deputado Anderson se colocou à disposição para auxiliar nos contatos com a Secretaria de Estado da Educação e no que mais precisarem. “Ainda não sei como ficará a composição das Comissões na próxima legislatura, mas serei sempre um entusiasta e defensor da educação em nosso Estado”, concluiu o parlamentar agradecendo a participação de todos.

Estiveram acompanhando a visita no gabinete parlamentar o diretor da escola Marcos Freire, professor Alberto Rocha e a professora Ayla Trajano Pereira; a professora Francilene Virgulino de Azevedo da escola Murilo Braga; a diretora geral de educação da Seduc, Elizabete Matia de Siqueira e a professora Alemmar Ferreira.

Conectando Saberes

A rede foi criada em 2015 com o apoio da Fundação Lemann, que encontrou em 30 professores inspiradores espalhados pelo Brasil seus primeiros membros. A partir desse momento, o crescimento do grupo foi orgânico: professores participantes passaram a convidar outros, e assim por diante até 2017.

Em 2018, a Fundação Lemann retomou esforços para criar novos núcleos onde a rede ainda não estava tão presente e para aumentar a diversidade de seus membros. Entre os núcleos novos, estão Boa Vista (RR), Macapá (AP), Rio Branco (AC), Cocal dos Alves (PI) e Barcarena (PA). Além disso, houve uma atenção especial para incluir mais professores de educação infantil e educação indígena.

ALE/RO - DECOM - Geovani Berno com informações da Fundação Lemann | Foto: Lusângela França
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: