Deputado Anderson do Singeperon - Sua voz no Parlamento

Com votos de louvor e Medalha do Mérito Legislativo, deputado Anderson homenageia a categoria dos agentes penitenciários e socioeducadores

Na Sessão Solene, Anderson ressaltou a importância do agente penitenciário e do socioeducador para a sociedade e a segurança pública

Por Assessoria de Comunicação Social dia em Notícias

Com votos de louvor e Medalha do Mérito Legislativo, deputado Anderson homenageia a categoria dos agentes penitenciários e socioeducadores
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Em sessão solene realizada na quinta-feira (22), no Plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, o deputado Anderson do Singeperon (PV) concedeu Voto de Louvor a agentes penitenciários e socioeducadores que atuaram em movimentos classistas nos anos de 2012 e 2013. Além disso, o parlamentar condecorou com a Medalha do Mérito Legislativo, maior honraria da Casa de Leis, o diretor Social do Sindicato dos Agentes Penitenciários e Socioeducadores do Estado de Rondônia (Singeperon), Ronaldo Rocha, e o ex-agente penitenciário Alex Martinelli (in memoriam). No total, foram 39 delegados sindicais indicados para o Voto de Louvor e outros 23 servidores que atuaram na linha de frente das greves e manifestações.

Após apresentar um vídeo (assista aqui) que retrata a trajetória de luta da categoria por maior valorização salarial e condições de trabalho, Anderson falou na tribuna em tom emocionado. “Esse reconhecimento não tem valor econômico nenhum, mas tem um valor para que a gente mostre para a sociedade que o Anderson não lutou sozinho, que o Anderson conhecido hoje por Anderson do Singeperon teve pessoas de coração do lado dele, que na hora que eu estava desanimado, me encorajava. Na hora que eu queria desistir, me encorajava. Na hora que eu queria recuar, me encorajava”, revelou.

O líder da categoria na Assembleia relembrou o início da trajetória na luta sindical e destacou as conquistas. “Muitos que estão aqui, não só fez parte dessa história, mas ajudaram a construir a história. Essa categoria se uniu para fazer uma mudança no executivo, que na época sofremos muito. Não só com o governo, mas também com a organização sindical. O que conseguimos foi com muita luta, com greves, mobilizações, com vocês na linha de frente, com alguns sendo conduzidos ou presos em delegacias. Foram momentos bem difíceis que passamos juntos. Não somente avançamos na questão salarial, mas também nas condições de trabalho”, registrou.

Anderson chamou a atenção ainda pelo discurso em defesa do papel do agente penitenciário e do socioeducador na sociedade. “Nós queremos sempre fazer o melhor pela sociedade, mesmo sendo mal pago, não sendo reconhecido e não sendo valorizado pelo Estado, mas a gente mostra para a sociedade com essa atitude que nós merecemos respeito e valorização. Não é fácil ser agente penitenciário. Não é fácil ser socioeducador. São profissões muito estressantes, desgastantes, mas desafiadoras que todos nós aqui temos certeza, gosta do que faz, por isso estamos aqui”, ressaltou.

“Sempre defendi que quem tem que cuidar do sistema penitenciário é quem conhece. Nós somos técnicos da área. Não sou contra ninguém da Polícia Civil, da Polícia Militar, mas eles não cuidam da casa deles? Da nossa casa, nós quem temos que cuidar”, enfatizou Anderson ao dizer que todas as rebeliões que aconteceram no sistema prisional foram consequências de decisões mal tomadas por quem não conhece.

Além disso, o parlamentar defendeu a inclusão do sistema penitenciário e do socioeducativo no rol da segurança pública. “Os sistemas só vão avançar quando os governantes começarem a ver como um problema de segurança pública e hoje a gente percebe que as autoridades federais e estaduais estão se despertando para isso. Aí sim vamos conseguir começar a combater o crime organizado, começar a combater as quadrilhas que atuam dentro dos presídios do Brasil e de Rondônia”, realçou.

O deputado também evidenciou a trajetória de Ronaldo Rocha e Alex Martinelli (in memoriam). “É uma honra muito grande estar homenageando aqueles que sempre lutaram verdadeiramente pela categoria”, evidenciou.

Em seu discurso, o presidente do Singeperon, Sidney Andrade, afirmou que toda a categoria poderia se sentir homenageada, pois essa é a intenção do ato. “Quero parabenizar a todos os que aqui receberam esse Voto de Louvor, bem como ao Ronaldo e à memória de nosso estimado Alex Martinelli, que foi um grande guerreiro”, enfatizou.

Ao receber a homenagem, o irmão de Alex, Wesley Martinelli, também registrou os agradecimentos ao deputado e destacou a trajetória do irmão. “O que temos que falar aqui do meu irmão é que foi um cara que sempre brigou pela categoria. Deu o sangue e por isso sofreu perseguição, como muitos aqui”, reforçou.

Com votos de louvor e Medalha do Mérito Legislativo, deputado Anderson homenageia a categoria dos agentes penitenciários e socioeducadoresCom votos de louvor e Medalha do Mérito Legislativo, deputado Anderson homenageia a categoria dos agentes penitenciários e socioeducadores

Já o diretor Social do Singeperon declarou o seu amor pela profissão e o pioneirismo na luta sindical. “Deputado, nós viemos para fazer história. Para ultrapassar barreiras. Para quebrar paradigmas. Como o senhor bem mencionou, nós vivíamos no releixo. Ainda hoje não temos a valorização que merecemos, mas progredimos muito e isso foi com muita luta. Somos os verdadeiros pioneiros”, endossou ao dizer que ama ser agente penitenciário e que continuará buscando o melhor para todos.

Com votos de louvor e Medalha do Mérito Legislativo, deputado Anderson homenageia a categoria dos agentes penitenciários e socioeducadoresCom votos de louvor e Medalha do Mérito Legislativo, deputado Anderson homenageia a categoria dos agentes penitenciários e socioeducadores

Os delegados sindicais agraciados foram: Cristiano da Silva Coelho; Natã Soares da Cruz; Osnyr Amaral da Silva; Clebes Dias Ferreira; Everton Ianes de Assis; Maria Elisangela da Conceição; Marcelo Augusto Cubas de Souza; Deivid Jose Barreto Viana; Willians Fernando da Silva; Eguinaldo Lanes da Silva; Donizetti Ramos Pereira; Fagner de Azevedo Matias; Roneir Silva Dionisio; Waldevi Reboucas de Souza; Anderson Carlos de Souza Neves; Antônio Bueno da Fonseca; Lindomar Medeiros da Silva; Claudiney Feitosa de Araujo; Roselito Rubleski Nass; Alex Martinelli (in memoriam); Leonel Paulo Freitag; Marcos Rodrigues Alecrim; Junior Celio Vieira Marques; Patricio Gonçalves França; Davi Rodrigues Leão; Alex Maciel Pereira dos Santos; Anderson Alexandre da Silva; Nelson Ned Rodrigues dos Santos (in memoriam); Clayton Luz Pereira; Jones Rezende Lavoratti; Ronivon Procópio da Silva; Daniel Moreira da Silva; Elisangela Aparecida Matos Duarte; João Carlos Teodoro; Jose Maria da Silva; Gildo da Silva; Ronaldo Rocha de Souza; Roseli de Oliveira Margarida; e Janaci Laurenço Gonçalves.

Os servidores foram: Andrea Littig da Silva; Cleiciane Nunes dos Santos; Eleazar Nogueira; Eliel de Souza Sa; Ellen Daianne Nogueira da Costa; Fabio Cordeiro de Souza; Gilcley Natan Rodrigues Soares; Hailton Martins de Albuquerque; Jairo Barbosa Prata Filho; Jairo Lima Dias; Joao Feitosa de Oliveira; Josué Antonio Gabriel; Luiz Jorge Pinto Mondego (in memoriam); Luzineide de Sousa Barreto; Maicon Miler Costa; Marcelo Rebouças da Costa; Marcio Luiz de Souza Costa; Marcus Roberto Maciel da Silva Paixao; Marlus Clementina de Andrade; Maykon Feliciano dos Reis; Raimundo Rodrigues do Nascimento; Raquel Carvalho Dartiballe Saraiva; e Zildamar Pontes da Silva (in memoriam).

Assessoria | Fotos: Lusângela França/Decom/ALE-RO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: