Deputado Anderson do Singeperon - Sua voz no Parlamento

Anderson do Singeperon declara apoio paralisação dos caminhoneiros e repudia preço do combustível

Parlamentar sugeriu mudança no modelo de administração do sistema carcerário no Estado

Por Assessoria de Comunicação Social dia em Notícias

Anderson do Singeperon declara apoio paralisação dos caminhoneiros e repudia preço do combustível
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter


No pronunciamento na Sessão Itinerante na 7ª Rondônia Rural Show, o deputado Anderson do Singeperon (Pros) registrou seu apoio a paralisação dos caminhoneiros que acontece em todo o país. O parlamentar disse considerar uma "pouca vergonha o preço do combustível no Brasil".

Segundo Anderson, em qualquer país vizinho a diferença nos valores do combustível em relação ao Brasil é absurda. O deputado repudiou o preço abusivo que, segundo ele, prejudica todos os cidadãos, principalmente os de baixa renda.

O parlamentar sugeriu que o assunto seja levado para a bancada rondoniense e que a discussão seja tratada no Congresso Nacional. "Temos que chamar o presidente da República para a responsabilidade desse tema e resolvê-lo o quanto antes", ressaltou Anderson.

O deputado agradeceu o governo do Estado, pela forma responsável com que resolveu o impasse dos remanescentes do concurso da PM. De acordo com o parlamentar, além de prorrogar o prazo de validade do concurso público, se comprometeu a aposentar servidores que já aguardam há cerca de três anos o andamento dos processos no Iperon.

"Com isso, o Estado desafogara a folha e contratará cerca de 400 novos policiais, aumentando a segurança pública nos quatro cantos do nosso Estado", enfatizou Anderson do Singeperon.

O parlamentar também destacou a necessidade do Estado, por meio da Sead, se atentar para a necessidade de modificar o modelo atual implantado na administração do sistema carcerário de Rondônia, que segundo Anderson, está ultrapassado e pode "quebrar o Estado".

O deputado disse que ao invés de construir presídios, o ideal seria trabalhar com prevenção, "pois hoje, por pior que pareça, o bandido está gostando de ir para o sistema penitenciário, causando um brutal prejuízo social e econômico", concluiu Anderson do Singeperon. 

Juliana Martins
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: